SCA PT SIEMENS, SCA PT projeto, Alimentação electrica projeto, SIEMENS SCA PT, parceiro dos siemens, SCA TP do complexo de forjar, SCA PT DOS FORNOS ANELARES, SCA PT DOS FORNOS secional, SCA PT DO  BLOCO DE OXIGÊNIO, SCA PT  da prensa de forjar
SCA PT SIEMENS, SCA PT projeto, Alimentação electrica projeto, SIEMENS SCA PT, parceiro dos siemens, SCA TP do complexo de forjar, SCA PT DOS FORNOS ANELARES, SCA PT DOS FORNOS secional, SCA PT DO  BLOCO DE OXIGÊNIO, SCA PT  da prensa de forjar
Página principal Sobre a Companha Contatos Solicitar Os projetos concluídos Referências

PROJEÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO DOS SCA PT

SCA PT DOS FORNOS ANELARES
SCA PT DE SECÇÃO
SCA PT DE UNIDADE DE OXIGÊNIO

EQUIPAMENTOS SIEMENS

CONTORLADORES PROGRMÁVEIS SIEMENS
PAINÉIS SIEMENS
PROGRAMADORES SIEMENS
ACIONAMENTOS SIEMENS
CAPTADORES SIEMENS
ANALISADORES DE GASES SIEMENS
SISTEMAS DE TELEMETRIA DA FIRMA SIEMENS


Companhia "SR LDA"
Ucrânia, Dniepropetrovsk,
rua Artema 19/61
Telefone:
+38(056) 370-28-43,
+38(056) 370-39-62




SOLICITAR

ESCREVER CARTA

SCA PT SIEMENS, SCA PT projeto, Alimentação electrica projeto, SIEMENS SCA PT, parceiro dos siemens, SCA TP do complexo de forjar, SCA PT DOS FORNOS ANELARES, SCA PT DOS FORNOS secional, SCA PT DO  BLOCO DE OXIGÊNIO, SCA PT  da prensa de forjar Русский   English   Português   

Automação industrial e acionamentos elétricos

ELABORAÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO DO SCA PT

SCA PT DOS FORNOS DE SECÇÃO

Sistema de controlo automático do processo tecnológico de têmpera e revenimento dos tubos nos fornos de secções N.os 1 e 2 do setor térmico da Oficina de Laminagem de Tubos N.º4 (OLT-4) da OAO “NTZ”

Descrição da obra tecnológica

O forno compreende 4 zonas e 20 secções, sendo 5 secções em cada zona. Os tubos deslocam-se pelo transportador de rolos dentro do forno, com a velocidade estabelecida. O forno é aquecido com o gás natural. Depois de passada a 20ª secção, os tubos são temperados no sprayer com a água técnica.

Destinação e funções do SCA
O sistema de controlo automático do processo tecnológico (SCA PT) de têmpera e revenimento dos tubos laminados em uma só peça, nos fornos de secção do setor térmico da OLT-4, é destinado à escolha e manutenção do melhor regime de aquecimento e revenimento de tubos, em função do tipo de tubos e da composição química do aço, assim como à informação operativa do pessoal de serviço sobre os regimes tecnológicos e à arquivação da informação sobre os índices tecnológicos e de consumo da energia.

Sistema de controlo automático do processo tecnológico de têmpera e revenimento dos tubos nos fornos de secções N.os 1 e 2 do setor térmico da Oficina de Laminagem de Tubos N.º4 (OLT-4) da OAO “NTZ”

O sistema de controlo automático dos fornos de secção da OLT compreende dois complexos de aparelhagem e programação destinados à automação de todo o processo tecnológico de aquecimento dos tubos, sendo que cada um deles é composto de:

  • aparelhagem de campo de medição e controlo (indicadores do consumo e da pressão, pirômetros da SIEMENS);
  • controlador principal programável SIMATIC S7-300;
  • controlador de reserva IM CPU à base de ET 200S (reserva quente);
  • local de trabalho automatizado (LTA) a base do PC (por solicitação do cliente, é possível o IL - 70);
  • painel pequeno de emergência do operador ОР-3;
  • painel central do operador, o único para os dois fornos.
Sistema de controlo automático do processo tecnológico de têmpera e revenimento dos tubos nos fornos de secções N.os 1 e 2 do setor térmico da Oficina de Laminagem de Tubos N.º4 (OLT-4) da OAO “NTZ”

O sistema caracteriza-se pelas seguintes possibilidades:

  • medição da temperatura dos tubos na saída dos fornos;
  • medição da temperatura dos tubos depois das secções 8 e 14;
  • introdução e processamento de dados de grupo, tais como: número do lote, número da fusão, indícios do tipo;
  • cálculo operativo e formação de melhores parâmetros da temperatura (com base no critério da minimização dos gastos da energia em função dos parâmetros temperaturais estabelecidos para as peças na saída do forno) nas zonas do forno, com base no modelo termofísico do modelo do processo;
  • regulação operativa da temperatura nas zonas do forno, da relação gás/ar, com correção do teor do oxigênio nos gases do fumo, e da pressão nos fornos;
  • regulação da pressão geral do ar (mediante regulação de frequência dos acionamentos dos ventiladores assopradores);
  • regulação operativa da temperatura nas zonas do forno quando dos processos não estáveis decorrentes da alteração do regime do funcionamento dos fornos;
  • visualização dos processos, formação de relatórios e livros de controlo de consumos e temperaturas;
  • registo de consumo de gases por turnos, dias, meses, trimestres;
  • proteção contra regimes de emergência, autodiagnóstico e testes;
  • possibilidade da limitação dos consumos máximo/mínimo do gás por zonas, mediante comandos conduzidos a partir do ecrã, opção que ganha atualidade especial face ao incremento do preço dos portadores da energia;
  • ajustamento de reguladores a partir das formas do ecrã, pelo pessoal qualificado (função que requer senha);
  • arquivação de acontecimentos permitindo ver, em forma de gráfico, aquilo que ocorreu com o forno durante dois últimos dias;
  • cálculo dos gastos específicos da energia por 1 tonelada do produto, por tipos e fusões, permitindo analisar a rentabilidade da produção do ponto de vista do consumo dos portadores da energia;
  • sistema de receitas e regimes – “trabalho”, ”paragem”, “forno vazio” , permitindo mediante um toque escolher o regime necessário do funcionamento do forno.

O sistema tem certificado do Centro Metrológico Estatal de Dniepropetrovsk.

Sistema de controlo automático do processo tecnológico de têmpera e revenimento dos tubos nos fornos de secções N.os 1 e 2 do setor térmico da Oficina de Laminagem de Tubos N.º4 (OLT-4) da OAO “NTZ”


Esquema funcional do SCA

Sistema de controlo automático do processo tecnológico de têmpera e revenimento dos tubos nos fornos de secções N.os 1 e 2 do setor térmico da Oficina de Laminagem de Tubos N.º4 (OLT-4) da OAO “NTZ”

Resultados e efeito da implementação
Por conta da aplicação dos meios modernos de automação e de novas soluções técnicas, conseguiu-se chegar à estabilidade dos regimes tecnológicos: a diferença das temperaturas nas zonas não excede 2ºC.
A economia do gás, após a implementação do sistema, é de 10% e mais.

Сreator & support: InterBiz
Page Rank Icon
Copyright © 2006 Companhia "SR LDA"
siemens controladores siemens, siemens siemens acionamento, modernizacão de máquinas, reparação de máquinas, siemens conversores de frequência siemens, siemens motores elétricos siemens, siemens aparelhos siemens, siemens siemens painel, painéis do operador SIEMENS, siemens painel do operador, conversores de frequência siemens, SCA PT, projecão dos SCA PT, implementação dos SCA PT, fornecimento dos equipamentos SIEMENS, ajustamento dos equipamentos industriais SIEMENS, manutenção dos equipamentos elétricos industriais SIEMENS, controladores programáveis SIEMENS, siemens painéis SIEMENS, programadores